Detesto que me roubem a solidão sem me dar em troca verdadeiramente companhia. (Friedrich Nietzsche).

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Olá




Olá blogs que acompanho, olá  blogs que me acompanham, olá meu(s) blog(s).

Olá a todos.

Estou longe, mas estou (sempre) por perto.


13 comentários:

  1. Olá Ligéia
    Que bom que você esta por ai, saudades de você amiga.
    Uma linda noite. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Verinha! Que bom que VC está aqui! Saudades tbm. Muita. Acredita? Por favor...

      um beijo!

      Excluir
  2. Oi Ligéia, bom vê-la por aqui! Saudade!

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  3. Oi Jan! Obrigada pela recepção, pelo carinho. Senti muita falta disso tudo, dos textos queridos, da paz dos seus textos. Estou de volta! :)

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ligéia. Um olá tão leve...parece que as coisas agora estão no lugar. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia. Eu senti falta de escrever aqui, senti falta dos amigos de blogosfera. Vim dizer olá.
      As coisas hora estão no lugar, hora saem dos eixos, rs. Mas eu to de volta.


      um abração. :)

      Excluir
  5. Respostas
    1. Oi Turismóloga. É isso. rs


      um beijo. :)

      Excluir
  6. Com um certo atraso: Olá!
    Post bem leve, como bem disse a Bia, semelhante a quem está em constante renovação.
    Faz falta na blogosfera Ligéia. Mas todos temos nosso tempo.
    Abraço e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  7. Adoro quando chegas atrasado... mas chegas...

    Poético né? Acabei de fazer, rss.

    Estou por aqui, e por ali, e por aqui de volta. Um dia paro em algum lugar...

    (Nossa, vc me inspirou ou o quê?) rsrs

    beijo Christian.

    PS > to devendo alguns textos de "uma imagem 140 caracteres". :(

    ResponderExcluir

Costumo responder aos comentários aqui no blog. Todas as opiniões são bem vindas, e importantes. Gosto de saber das pessoas o que pensam, o que sentem, o que gostam. Você que lê e prefere não se manifestar, quem sabe um dia volte para me dizer algo. Não tenho pressa, eu espero.

Divagar é preciso...